Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria Bolacha

Maria Bolacha ou Bolacha Maria. Alcunha da adolescência que persisto em conservar.

Maria Bolacha

Maria Bolacha ou Bolacha Maria. Alcunha da adolescência que persisto em conservar.

Sem que a emoção se banalize nos sentidos!

[Sempre como se fosse a primeira vez, sempre com a mesma apetência, o mesmo espanto e a mesma entrega.]

 

Tento sempre olhar para as coisas como se fosse a primeira vez. Mesmo aquelas que já sei de cor e salteado. No meu entendimento, só assim é possivel renovar. Mudar o plano. A perspectiva. O modo de ver. Quando o obturador é disparado: uma experiência é "congelada".

 

blog maria bolacha nascer todos os dias.jpg

Mas o que é congelado? O espaço? O tempo? O espaço. Sem dúvida.

O tempo continuará a latejar, pulsando e produzindo experiências, possíveis de ser congeladas.

Mente, olho e coração. Fotografar é isso mesmo, colocar na mesma linha de mira: a cabeça, o olhar e o coração e então escolher ou encontrar o momento decisivo.

 

Mas sem nunca deixar que a emoção se banalize nos sentidos e no entendimento.