Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria Bolacha

Maria Bolacha ou Bolacha Maria. Alcunha da adolescência que persisto em conservar.

Maria Bolacha

Maria Bolacha ou Bolacha Maria. Alcunha da adolescência que persisto em conservar.

A carta que te escrevi no deserto!

[Tem nome de CASA. Tem abraço de porto de abrigo. Tem paz. Tem luz. E tem Almadenses, muitos. Sim somos muitos mil. E fazemos serenatas ao Tejo.]

serenata ao Tejo.jpg

 A margem sul é uma seca. Hoje escrevo-vos do deserto.

As tarde de outono no deserto, são assim. Não há água. Não há verde. Não há árvores para fazer sombras. Não há música para dar ambiente. Ainda por cima, a paisagem é horrível. E sobretudo, só se vê areia. :P

Lembro-me que houve um tempo em que "alguns" achavam que isto era um deserto. Só cá faltavam camelos e muitos cactos, espaçados por entre quilómetros e quilómetros de dunas de areia. Ah e faltava a areia também.

Feitas as contas, afinal faltava tudo para ser um deserto.E o único camelo, talvez fosse ele. Pelo menos cego devia ser.
Eu, isto, apelido de meu paraíso!!!! Tem nome de CASA. Tem abraço de porto de abrigo. Tem paz. Tem luz. E tem Almadenses, muitos. Sim somos muitos mil. E fazemos serenatas ao Tejo.
Até o "Olho de Boi" vê isso!